Compartilhe

Habitação Social e Arquitetura

Habitação Social e Arquitetura

Quando pensamos em Habitação Social o que nos vem à mente são aqueles conjuntos padronizados, sem cores e esteticamente tristes. Mas deixe todos esses preceitos de lado, é possível sim proporcionar uma moradia apresentável com um preço acessível. Um belo exemplo são os premiados prédios, que ficaram conhecidos como o “Honeycomb” ou “Caixa de Abelhas”.

Esse conjunto habitacional foi projetado para o Fundo de Habitação da Eslovênia e para a Comunidade de Izola (programas governamentais eslovenos), na cidade de Livade, Eslovênia, dois blocos de edifícios que pudessem abrigar jovens famílias sem condições econômicas de comprar ou alugar um local que pudesse abrigar uma família.

Fundo de Habitação da Eslovênia

 

O conceito de que as habitações sociais devem ter design precário e nenhuma preocupação com a estética, a fim de serem econômicas é ultrapassado. É possível desenvolver projetos conciliando o baixo custo e a preocupação com um conceito atual, que se aproxime mais do usado em construções comerciais.

Honeycomb ou Caixas de Abelha

 

Em Madrid, Espanha, a Coco Arquitetos conseguiu desenvolver um projeto barato, mas ou mesmo tempo conciliando com uma arquitetura atual, que busca na personalização uma maneira de expressar a individualidade.

Arquitetura atual

 

No Brasil, iniciativas como essas caminham a passos curtos, dependendo de aprovação do governo para saírem do papel.  Um bom exemplo é a interessante proposta para um conjunto habitacional em Pernambués, na Bahia.

Conjunto Habitacional em Pernambués

 

O projeto do arquiteto Lelé visa adequar à arquitetura as diferentes condições topográficas brasileiras, mas sem deixar a estética e a sustentabilidade de lado.

 

Arquitetura com estética e sustentabilidade

Fontes: http://www.publistorm.com/honeycomb-arquitetura-social-e-premiada/

http://piniweb.pini.com.br/construcao/arquitetura/lele-projeta-duas-propostas-para-o-minha-casa-minha-vida-220098-1.aspx